Tema – Sabonetes Íntimos

 

1) Qual a diferença entre os sabonetes íntimos e os comuns para a higiene da mulher?

 

A indústria colocaram à disposição diversas composições de sabonetes íntimos destacando o pH mais próximo ao da vagina, isto é, pH=4,5, porém, estes produtos não devem ser utilizados na parte interna e cabe destacar que o pH da parte externa conhecida como vulva é a o pH da pele, ou seja, entre 4,6 a 5,8. Portanto, a utilização destes sabonetes não mostra vantagens sobre outras por esta justificativa. Soma-se, ainda, que após o uso há necessidade do enxágue e assim o pH retorna rapidamente ao fisiológico. Concluindo, apesar das diferenças entre o sabonete intimo com aqueles regulares, não há evidências científicas tampouco fisiológicas que sustentem a recomendação do uso do sabonete íntimo. 

 

2) Ele pode tirar a acidez natural da vagina?

 

Não, pois, conforme citado a ação é fugaz e não é utilizado internamente. 

 

3) O perfume pode provocar algum tipo de alergia?

 

Sim, a vagina é uma mucosa, ou seja, uma pele úmida e reações alérgicas nas mucosas são muitos frequentemente, por exemplo, a reação alérgica na mucosa nasal leva à rinite, na mucosa brônquica a asma e analogamente a vulva e a vagina pode ser sede de uma alergia, portanto, quanto menor for à exposição de produtos alergogênicos menor será a possibilidade de reação alérgica, portanto, produtos perfumados, corados e outros devem ser evitados diante da irritação ou coceira no local. 

 

4) Qual a periodicidade de uso recomendada?

 

Teoricamente, sugere-se que a vulva deve ser lavada e enxaguada após micção e principalmente após a evacuação. Conforme mencionado acima, não há vantagens do uso de sabonetes íntimos, porém, a orientação mais relevante é fazer a higiene local com freqüência e cuidadosamente. 

 

5) É preciso fazer uma pausa no uso após algum tempo?

 

Não 

 

6) Pode ser usado durante o período menstrual?

 

Sim 

 

7) Existe alguma contra-indicação?

 

Somente se ocorrer alguma reação adversa após o uso do sabonete. 

 

8) Se usado em demasia, quais as complicações que podem surgir?

 

As intercorrências que podem ocorrer são: processos alérgicos que não está relacionado com a freqüência de uso, já o uso excessivo pode remeter à desproteção da pele e assim levar a irritação local e em situação extrema uma infecção.

Entrevista concedida à revista Pense Leve

Maio de 2010

Acompanhe

Fale conosco

Tel: 11-3079-0866

Rua Joaquim Floriano, 960 - 10º andar

Itaim Bibi - São Paulo - SP - CEP: 04534-004